Blog

Entenda o papel e atribuições do zelador em condomínios residenciais

Entenda o papel e atribuições do zelador em condomínios residenciais

12.07.18

|

postado por MARKETING KIPER

|

O zelador tem papel fundamental na administração de um condomínio. Ao equiparar a gestão de condomínios residenciais à de uma pequena empresa, esse profissional representa o gerente condominial. A função principal de um zelador é promover a gestão dos funcionários para garantir o cumprimento dos afazeres de rotina, necessários para a conservação do empreendimento. Esta e outras atribuições do profissional vamos abordar neste post. Continue a leitura para entender o importante papel do zelador e de que forma ele contribui com o trabalho do síndico.

Por ser considerado o braço direito do síndico, deve repassar todas as informações e comunicá-lo sobre os problemas que ocorrem no edifício. São inúmeras as atribuições de responsabilidade do zelador em condomínios residenciais. O profissional admitido para exercer essa função deve se preocupar em manter a manutenção preventiva do condomínio em dia para evitar obras emergenciais que podem onerar significativamente as despesas do condomínio.

Além disso, ele é responsável por supervisionar a atuação de prestadores de serviços e funcionários para manter o bom funcionamento do condomínio. Pelo fato de conhecer as normas do regimento interno de forma aprofundada deve garantir o cumprimento das regras, a fim de assegurar ordem e o bem-estar dos moradores.

Também está entre as atribuições do zelador o recebimento das correspondências. Mais especificamente sobre essa questão, muitas vezes, o zelador fica responsável por essa atividade já que, tem sido muito comum por contenção de custos ou para reforçar a segurança do condomínio, optar por um sistema  ou dispositivo para controle de acesso ao prédio no lugar dos porteiros.

Atribuições do zelador de acordo com a Classificação Brasileira de Ocupação

A Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) descreve quais são as atribuições do zelador em condomínios residenciais. Confira quais são elas:

Manutenção predial

  • Inspecionar corredores, pátios, áreas comuns do prédio;
  • Assegurar a limpeza, reparos, condições de funcionamento de elevadores, parte elétrica, hidráulica e de outros equipamentos;
  • Fazer manutenção e reparos simples nos equipamentos, desde que seja de pequena monta e tenha conhecimento básico;
  • Cuidar da higiene das dependências e instalações, supervisionando a limpeza;
  • Executar serviços de manutenção geral, como troca de lâmpadas fusíveis.

Gestão de pessoas e cumprimento das normas

  • Zelar pelo cumprimento do regulamento interno e pelo uso devido das instalações;
  • Comunicar ao síndico/administradora todas as irregularidades surgidas;
  • Encarregar-se da recepção, conferência, controle e distribuição de correspondências;
  • Realizar o controle dos horários de entrada e saída dos funcionários;
  • Distribuir as tarefas diárias de faxina e limpeza do condomínio;
  • Fiscalizar a atuação dos funcionários e prestadores de serviços;
  • Manter uma comunicação clara e respeitosa com funcionários e condôminos;
  • Ajudar o síndico a elaborar a escala de folgas e férias dos outros profissionais do condomínio;
  • Zelar pelo sossego e pela observância da disciplina, interceder quando tiver barulho fora do horário permitido, relatar ao síndico as ocorrências, distribuir, coordenar e fiscalizar tarefas entre os empregados;
  • Atender e orientar os moradores e visitantes em assuntos pertinentes ao condomínio.

Supervisão de reformas e obras de manutenção predial

  • Realizar pequenos reparos e requisitar profissionais habilitados para serviços técnicos. O zelador não pode executar tarefas de manutenção ou execução de serviços que exijam conhecimento técnico e coloquem em risco sua segurança pessoal;
  • Supervisionar a manutenção de máquinas, motores, bomba d’água e dos demais equipamentos e instalações do condomínio;
  • Acompanhar a visita de técnicos das concessionárias de água, luz e telefonia;
  • Auxiliar nos serviços de emergência;

Quer aprofundar seu conhecimento em gestão de condomínio? Continue acompanhando o Blog da Kiper!

  • COMPARTILHAR

  • |
  • |