Blog

Síndico profissional: dicas para otimizar sua rotina de trabalho

15.05.18

|

postado por MARKETING KIPER

|

TECNOLOGIA

A administração condominial inclui uma série de tarefas e responsabilidades que podem ficar comprometidas se não houver a devida organização da rotina de trabalho do síndico. Em meio a tantas atribuições é comum que surjam dificuldades de gestão. Por isso, a contratação de um síndico profissional tem sido a alternativa buscada por condomínios que desejam aperfeiçoar e automatizar a gestão.

Podemos comparar a administração de um condomínio com a de uma pequena empresa. Isso exige para uma boa atuação do síndico profissional conhecimento e qualificação continuada em diferentes áreas como contábil, administrativa e jurídica. Para que ele possa exercer seu trabalho com mais eficiência, a definição de um bom planejamento e cronograma de rotina são ferramentas essenciais para a gestão do tempo e eficiência na execução das atividades.

Como exerce a função de síndico como atividade profissional, ele deve atuar de forma exclusiva para manter o condomínio em bom funcionamento. Para isso, precisa planejar as metas e atividades de curto, médio e longo prazos. Outro ponto importante é investir em ações preventivas, assim passa a ser viável determinar o que deve ser priorizado para evitar o surgimento de possíveis problemas.

Mediar conflitos é outro desafio que faz parte  da rotina do síndico profissional no contexto da administração de condomínios. Questão que, muitas vezes, demanda tempo e exige experiência para intermediar problemas de convivência sem ser parcial ou deixar de lado todas as outras demandas.

Diante da infinidade de serviços burocráticos e atividades que o síndico precisa desempenhar para atender as obrigações impostas no artigo 1.348 pelo Código Civil, reunimos algumas dicas para otimizar a rotina profissional.

Dicas para otimizar a rotina de trabalho do síndico profissional

O crescimento do número de síndicos profissionais retrata a falta de interesse dos moradores em assumir o cargo e a necessidade de profissionalização da gestão de condomínios. É o que revela o levantamento realizado pelo Portal Sindiconet. Se você já é síndico profissional ou busca se qualificar no setor, confira as principais dicas para otimizar a sua rotina de trabalho:

Defina sua rotina de trabalho e tente cumpri-la

Em muitos casos, o síndico profissional atua na administração de vários condomínios e precisar realizar visitas periódicas semanalmente em cada um deles para atender as demandas. Estabelecer horários definidos para essas visitas pode facilitar a rotina profissional e contribuir para que os moradores busquem resolver possíveis problemas ou demandas no dia e horário em que o síndico estiver disponível para atender o condomínio.

Conheça as particularidades de cada condomínio que administra

Fazer um estudo para identificar o perfil e particularidades de cada condomínio administrado é primordial para que o síndico profissional invista em um planejamento preventivo. Exemplo: Se em um dos condomínios gerenciados o profissional avalia problemas recorrentes com crianças, animais de estimação ou com barulho fora do horário permitido, o síndico pode trabalhar de forma preventiva para minimizar esses conflitos durante a sua gestão.

Mantenha um bom relacionamento com moradores, funcionários e prestadores de serviço

Para realizar uma boa gestão condominial, o síndico profissional não deve negligenciar um bom relacionamento, tanto com moradores como também com funcionários e prestadores de serviço. Essa iniciativa é fundamental para manter abertos os canais de comunicação com os condôminos, seja para receber demandas, reclamações e sugestões ou também para avaliar a satisfação dos moradores com relação à qualidade dos serviços prestados.

Utilize a tecnologia a seu favor

A tecnologia tem impactado de forma positiva diversos segmentos de atuação e na administração condominial não poderia ser diferente. A adoção de novas tecnologias tem sido cada vez mais solicitada para otimizar e trazer mais eficiência à gestão. O investimento em portaria remota para efetuar o controle e monitoramento de acesso à condomínios residenciais, por exemplo, permite que o síndico deixe de se preocupar com questões ligadas à gestão de pessoas para focar em demandas prioritárias para o bom funcionamento do condomínio.

Neste caso, o síndico profissional precisa ter o cuidado na hora de contratar e buscar por uma  empresa de segurança especializada para prestar esse tipo de serviço ao condomínio. É imprescindível contar com uma equipe de profissionais qualificada para manter um bom serviço aos moradores.

Quer saber sobre como a solução de portaria remota pode ajudar a otimizar a rotina do síndico profissional? Acesse o Blog da Kiper e confira.

  • COMPARTILHAR

  • |
  • |