Blog

Como a tecnologia impacta na valorização do imóvel

Como a tecnologia impacta na valorização do imóvel

25.04.19

|

postado por MARKETING KIPER

|

TECNOLOGIA

As inovações tecnológicas influenciam diversos segmentos da economia, e com o mercado imobiliário, não é diferente. Felizmente, podemos dizer que, no geral, as novas tecnologias trazem benefícios e, no contexto do mercado imobiliário, podem contribuir para a valorização do imóvel.

De acordo com Rafael Lauand, sócio-fundador da startup de gestão de condomínios LAR, o uso de novas tecnologias para desburocratizar processos e reduzir o valor das taxas poderia promover ganhos de mais de 10% nas taxas de condomínio.

Por conta desse potencial, listamos algumas vantagens de optar por investir em tecnologia para a valorização do imóvel. Saiba quais são as tecnologias que atualmente mais contribuem para isso. Confira!

Vantagens de optar por investir em tecnologia para a valorização do imóvel

Como dissemos, empreendimentos que investem em tecnologia tendem a ser mais valorizados. Mas quais vantagens eles agregam? Como colaboram com a qualidade de vida de seus moradores?

Comodidade e conforto

Um dos aspectos que mais se beneficiam da tecnologia no âmbito condominial é a comodidade e o conforto dos moradores. As facilidades tecnológicas permitem que eles possam relaxar enquanto o empreendimento fica a cargo de tecnologias de autogerenciamento.

Como exemplo, podemos citar a climatização de ambientes, a configuração para abertura de portas e portões, a simplificação do sistema de televisão, o uso de persianas automáticas que abrem e fecham conforme a hora e luminosidade do dia etc.

Economia

É claro que existe sempre um custo inicial para implementar essas tecnologias, mas sistemas inteligentes como estes costumam administrar os recursos de forma eficiente, evitando desperdícios de água, energia, gás, luz etc.

Por exemplo, há sensores que regulam o acendimento das luzes, diminuindo a intensidade delas ou apagando-as quando não precisam estar acesas. Sistemas semelhantes também funcionam para água e outros recursos, além de ser cada vez mais comum haver formas de geração de energia alternativa em nível condominial.

Segurança

A segurança talvez seja a principal vantagem com a aplicação das novas tecnologias condominiais. Hoje, há tecnologias que são capazes de integrar câmeras, portões automáticos, sensores, travas eletrônicas e outros tantos instrumentos que protegem os condôminos.

Principais tipos de tecnologia para a valorização do imóvel

Em nosso blog, já falamos um pouco sobre alguns aspectos dos condomínios do futuro e como a tecnologia está intrinsecamente ligada a este conceito. Abaixo, listamos alguns dos tipos de tecnologia que estão conectados com a inovação, e que também perpassam a valorização do imóvel:

Automação residencial

A automação residencial está cada vez mais em voga nos condomínios. Trata-se de um sistema que integra, monitora e gerencia diferentes tipos de tecnologias que estão presentes no empreendimento.

A automação residencial pode unir as vantagens que citamos acima: ela pode contribuir para o conforto dos condôminos, ao mesmo tempo em que ajuda na economia e promove a segurança. Alguns exemplos de tarefas realizadas pelo sistema: irrigação de jardins, controle do termostato de ambientes, monitoramento de câmeras, alarme remoto etc.

Energias solar e alternativas

Formas de economizar recursos estão se tornando populares, e gerar uma parcela da própria energia gasta é uma delas. Dentre as formas de produzir energia, podemos destacar os painéis solares fotovoltaicos. Além de uma medida econômica, é ecologicamente correta e sustentável.

Dispositivos de segurança

Dispositivos de segurança não são exatamente uma novidade em condomínios, mas a tecnologia os tem tornado cada vez mais eficazes. Alguns dos equipamentos mais utilizados e importantes hoje são câmeras, cercas elétricas e sensores de movimento.

Internet de fibra ótica

A verdade é que muitos condomínios ainda não têm as condições ideias para a instalação de internet rápida e de qualidade. E isso é preocupante, já que a internet é fundamental para nossas vidas pessoais e profissionais.

Por essa razão, a fibra ótica é uma ótima escolha para levar acesso on-line aos condôminos. A fibra ótica costuma fornecer uma conexão estável e eficaz, aumentando a qualidade e diminuindo os cortes e quedas no serviço.

Portaria remota

A portaria remota pode ser incluída também na automação residencial e nos dispositivos de segurança, mas chamamos a atenção dela por ser ainda mais vital do que as outras tecnologias.

Ela é uma solução que permite o controle de acesso de visitantes e prestadores de serviços a distância por meio de uma central de monitoramento. Contribui para automatizar a vigilância em condomínios residenciais de pequeno e grande porte, reduzindo a vulnerabilidade de porteiros e condôminos.

Se você gostou do nosso conteúdo e quer receber outras dicas para administrar seu condomínio de forma ainda mais eficiente, continue acompanhando os conteúdos do blog da Kiper.

  • COMPARTILHAR

  • |
  • |