Blog

Administração condominial: principais desafios para uma boa gestão

Administração condominial: principais desafios para uma boa gestão

17.07.18

|

postado por MARKETING KIPER

|

NEGÓCIOS

Ser síndico hoje é uma tarefa mais complexa do que costumava ser há décadas. Com a popularização dos condomínios que oferecem facilidades semelhantes aos clubes de lazer, a administração condominial se compara à gestão de uma empresa. Isso vale também para os prédios comerciais, principalmente onde há grande circulação de pessoas, como funcionários, fornecedores e clientes.

São necessários conhecimentos em questões jurídicas, contábeis, administrativas, sem contar o desenvolvimento de habilidades pessoais como empatia, tolerância e muita paciência. São diversos os desafios para uma boa gestão de condomínio; mas, com profissionalismo, é possível desempenhar essa tarefa com satisfação e harmonia entre todos os envolvidos. Entenda como o perfil do síndico mudou nos últimos anos.

 

O novo papel do síndico na administração condominial

 

A profissionalização do papel do síndico é uma forte tendência que não para de crescer. Nem sempre os moradores ou proprietários do imóvel têm disposição, tempo ou preparo para lidar com a administração condominial. Se o controle não for feito de forma adequada, todos os frequentadores do prédio correm o risco de se envolver num grande conflito aparentemente sem fim. E isso não é bom para ninguém. Com uma boa gestão, todos saem ganhando.

Não basta apenas resolver discussões por causa de barulho fora do horário permitido, do cachorro em local impróprio ou do carro mal estacionado na garagem. O síndico também precisa entender de gestão condominial, de gestão de pessoas, normas de segurança, além de manter as contas sempre em dia. O gestor tem uma série de desafios à sua frente e precisa lidar com eles de forma equilibrada e transparente. Até porque o síndico tem obrigações e deveres previstos no Código Civil e é responsável legal pela administração condominial.

 

Listamos, a seguir, os seis principais desafios do síndico profissional e como superá-los.

 

Os 6 principais desafios da administração condominial:

 

1) Segurança

Com o aumento progressivo dos índices de violência urbana, a segurança é a preocupação número um para moradores e frequentadores de edifícios. De acordo com o especialista na área de segurança, José Elias Godoy, 90% das invasões ocorrem pela porta da frente. A tecnologia vem se desenvolvendo rapidamente para atender a essa demanda nas cidades. É importante conhecer os diversos tipos de equipamentos disponíveis no mercado e quais suas vantagens. Invista em portaria remota, câmeras de monitoramento, centrais telefônicas, alarmes, cercas elétricas, entre outros itens. Não basta apenas instalar esses equipamentos, o fator humano é igualmente relevante. O sucesso das medidas de segurança passa pelo treinamento de funcionários e pela sensibilização de moradores, para que atendam às normas de segurança definidas em assembleia.

 

2) Inadimplência

Em tempos de orçamentos apertados, o controle financeiro deve ser bastante rigoroso. Até pouco tempo, a inadimplência das taxas condominiais era bastante comum. A nova legislação, vigente desde 2015, agilizou a cobrança desse tipo de dívida. Vale negociar com o inadimplente, oferecer acordos amigáveis ou até dividir o valor em parcelas para facilitar o pagamento. O morador que não pagar seus débitos pode ser barrado das assembleias e penalizado com o nome negativado e o bloqueio da conta corrente, por exemplo. É uma medida dura, mas que garante ao síndico e aos demais moradores o equilíbrio nas contas e a gestão adequada das atividades rotineiras do condomínio.

 

3) Gestão de funcionários

Para manter uma portaria 24 horas, é preciso a contratação de quatro profissionais para a troca de turnos. Além dos salários, os impostos e os encargos de contratação de cada prestador de serviço são pagos pelos moradores. Os condomínios oferecem diversas facilidades aos moradores, como piscina, sala de ginástica, parque infantil, entre outros. Mas todos esses equipamentos exigem limpeza e manutenção constantes. Para dar conta desses serviços, é preciso uma equipe de profissionais, como faxineiros, jardineiros, eletricistas, limpadores de piscina, entre outros. Nesse caso, existem duas opções: a contratação direta ou a terceirização. Avalie qual é a opção mais adequada para a sua administração condominial, sempre tendo em mente a otimização dos recursos, ou seja, o melhor custo-benefício.

 

4) Obras de manutenção

Para manter o condomínio sempre em ordem, é inevitável conviver com obras ou serviços de manutenção. Essas atividades exigem do síndico conhecimentos genéricos sobre engenharia, arquitetura e qualidade de materiais de construção, para que faça boas escolhas e as defenda perante os condôminos em assembleia.

 

5) Transparência

Estabelecer canais de comunicação entre a administração condominial, os moradores e os funcionários é uma forma amigável de ser transparente nas ações de gestão. Além de manter todos informados sobre o que está em andamento e onde os recursos estão sendo investidos, é também um meio de evitar possíveis conflitos. Deixar claras as regras de convivência é uma forma simpática de prevenir discussões sobre questões simples. São vários os formatos disponíveis: informativos nos elevadores e áreas comuns, grupos em redes sociais e reuniões periódicas presenciais são alguns exemplos. Esses canais devem ser abertos para dúvidas e sugestões. Quem sabe não surge uma ideia inovadora que beneficie a todos?

 

6) Mediação de conflitos

Como vimos, o síndico deve ser multidisciplinar para dar conta da administração condominial. Mas uma das principais habilidades desse gestor deve ser o relacionamento interpessoal. É preciso ter paciência e disposição para receber as demandas dos moradores ou proprietários nos horários mais inusitados, ouvir com atenção e respeito, se colocar no lugar do outro e buscar uma solução que contemple a maioria das demandas colocadas. O famoso jogo de cintura é fundamental para quem exerce essa função.

 

Gostou dessas dicas? Comente quais são as suas principais dificuldades na gestão de um condomínio. Agora que você conhece os principais desafios e as soluções para uma boa administração condominial, que tal conhecer as melhores soluções tecnológicas para síndicos profissionais? Navegue pelos conteúdos publicados no blog da Kiper e acompanhe nossas novidades.

  • COMPARTILHAR

  • |
  • |