Blog

Segurança em condomínio: 6 pontos para argumentar com os condôminos

Segurança em condomínio: 6 pontos para argumentar com os condôminos

26.08.19

|

postado por MARKETING KIPER

|

TECNOLOGIA

A maioria das pessoas que procuram prédios para viver com suas famílias o fazem em busca de mais segurança, não é mesmo? Mas muitas vezes os condôminos ficam reticentes com novas soluções e tecnologias que possam ajudar a melhorar a segurança em condomínio, sobretudo por não confiarem na novidade que é apresentada.

Existem dados sobre segurança condominial apontando que os sistemas de segurança tradicional apresentam falhas. Um estudo da Guarnieri Segurança indica que aproximadamente 70% dos porteiros adormecem no turno da noite. Ainda assim, moradores de condomínio costumam se opor a sistemas mais tecnológicos e seguros, como a portaria remota.

Por isso, neste post, vamos abordar alguns pontos que você pode usar para argumentar com os condôminos na hora de sugerir um sistema de portaria remota para a segurança em condomínio. Boa leitura!

1. Tecnologia pode reforçar a segurança em condomínio

Embora muitas pessoas ainda busquem os condomínios por serem mais seguros do que casas, o aumento no número de ocorrências nos últimos anos nos mostram que apenas morar em condomínio não é mais o suficiente para garantir segurança.

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, em 2018, o número de roubos e furtos a condomínios nesse estado cresceu 56%. Por isso, é preciso buscar novas formas de garantir a segurança dos moradores – e uma das mais eficientes é a portaria remota.

2. A maioria das invasões a condomínios acontece pela porta da frente

Parece lógico pensar que invasões a condomínios acontecem de forma escondida, com o arrombamento de portões, ou por algum lugar de difícil acesso. Mas, infelizmente, dados apontam para uma outra realidade: 90% dos casos de assaltos a condomínios verticais acontecem pela porta da frente.

O que ocorre muitas vezes é que os invasores enganam o funcionário da portaria, passando-se por algum prestador de serviço ou visitante. Assim, muitos porteiros, por falta de orientações e procedimentos a respeito da liberação de estranhos, acabam deixando-os passar, não sendo capazes de prevenir assaltos a condomínios.

3. Portaria remota promove redução de custos

Sistemas de portaria remota podem diminuir em até 70% os custos com segurança. Esse é um ótimo argumento para defender a adoção de uma solução como essa, mas os benefícios vão além disso. Aliás, de maneira nenhuma a questão financeira deve ser o único aspecto a ser analisado. Mas é um bom argumento para apresentar na assembleia condominial.

4. Central de segurança age rápido em caso de emergência

São cada vez mais comuns os casos de pessoas que se distraem com o uso de celulares e smartphones por causa de aplicativos de jogos, redes sociais, vídeos e conversas. E isso inclui os profissionais da portaria.

Nesse sentido, a distração desses profissionais acaba permitindo que pessoas não autorizadas entrem, colocando em risco os condôminos e o próprio porteiro. E, nesses casos, em que todos estão em risco, fica mais difícil pedir ajuda externa, como da polícia.

No caso da portaria remota, o porteiro não está no prédio e, mesmo caso aconteça uma improvável invasão, assim que acionado (seja pelo botão de pânico ou por aplicativo), a polícia pode ser chamada para atender a ocorrência.

5. Projetos de portaria remota são específicos para cada condomínio

Cada condomínio possui suas particularidades, e até mesmo a configuração arquitetônica pode exigir cuidados específicos com a segurança. Por exemplo, às vezes a portaria presencial pode ter pontos “cegos”, que não permitem uma visão completa dos possíveis pontos de invasão do prédio, o que facilita a entrada de pessoas não autorizadas.

Já com uma empresa de portaria remota especializada, o consultor realizará um planejamento específico para o condomínio.

Contudo, é preciso atentar a certos aspectos antes de escolher uma empresa de portaria remota, principalmente em questões como suporte e instalação, que vão garantir que o sistema funcione da melhor forma possível.

6. Empresas de portaria remota oferecem automação para garantir conforto e segurança

Não é difícil que moradores, visitantes e até o porteiro às vezes se esqueçam de atentar para algumas questões de segurança, como a abertura e o fechamento de portas e portões.

Em sistemas de portaria remota, como o da Kiper, o fechamento de portas e portões é automatizado, garantindo que, em questão de segundos, elas sempre estejam fechadas. Além disso, no caso da Kiper, 100% das entradas de visitantes e prestadores de serviço são registrados, evitando que qualquer pessoa entre sem conhecimento e/ou consentimento.

Conclusão

Um condomínio verdadeiramente seguro é aquele que conta com o tripé da segurança: a segurança física das instalações (barreiras, equipamentos, tecnologias), o investimento no funcionário (fiscalização, treinamento) e a conscientização do moradores.

Nós, da Kiper, trabalhamos para que nossa tecnologia esteja a serviço desses três pilares. Quer conhecer mais da nossa solução e como ela pode melhorar a segurança do seu condomínio? Então fale conosco!

  • COMPARTILHAR

  • |
  • |