Blog

Quais argumentos utilizar na assembleia de condomínio para contratar portaria remota?

Quais argumentos utilizar na assembleia de condomínio para contratar portaria remota?

16.08.18

|

postado por MARKETING KIPER

|

TECNOLOGIA

É cada vez maior o número de empreendimentos residenciais que contratam a portaria remota. Mas, como toda mudança, é natural que alguns moradores se sintam desconfortáveis e até ofereçam certa resistência na troca do modelo tradicional pelo remoto. Para garantir o apoio da maioria, o síndico deve estar bem preparado para apresentar a tecnologia na assembleia de condomínio.

Uma boa comunicação deve esclarecer porque o investimento em uma solução remota é importante e trazer exemplos reais de quem já adotou essa solução. Alguns argumentos que ajudam a ter uma resposta positiva são o reforço da segurança, a redução dos custos e a melhoraria dos processos internos.

Como apresentar uma solução de portaria remota na assembleia de condomínios

Ao adotar um sistema de portaria remota, o condomínio ganha em agilidade e segurança porque os procedimentos para liberação de acesso passam a ser realizados à distância. Alocados em uma central de monitoramento, profissionais especializados fazem a identificação do visitante ou prestador de serviço em tempo real com base no áudio e imagens das câmeras do prédio.

A central contata via interfone ou telefone o morador que, mesmo não estando em casa, pode validar ou não a autorização. Já os condôminos têm livre acesso ao condomínio com o uso de dispositivos de identificação de alta tecnologia como tags e aplicativo com QR Code. Apresentar a tecnologia e explicar como ela funciona é o primeiro passo para começar a debater o assunto na assembleia de condomínio.

Para que os moradores se sintam ainda mais seguros ao fazer a migração para a portaria remota, você também pode utilizar os seguintes argumentos:

Aumento da segurança

Um dos maiores medos de qualquer pessoa hoje em dia é ser abordado, principalmente no momento de entrar em casa. Para tranquilizar os moradores com relação à segurança, você pode começar falando que um sistema de gestão de condomínio é uma medida preventiva importante para acabar com as falhas no sistema de proteção do prédio. A tecnologia evita que os porteiros fiquem expostos a situações que colocam a sua vida ou a dos moradores em risco. Isso porque a liberação do acesso é realizada ou pelo porteiro remoto junto ao morador ou pelo próprio condômino utilizando a ferramenta de convite do aplicativo.

Mais proteção em casos de emergência

A possibilidade de agir mais rapidamente em situações de emergência é um forte argumento para ser explorado na assembleia de condomínio. Quando uma ferramenta de gestão condominial é adotada, caso ocorra o arrombamento do portão, um alarme é disparado e o porteiro remoto visualiza imediatamente o problema que está acontecendo no condomínio. Se o morador for rendido dentro do carro, é possível acionar o botão pânico diretamente no controle do portão. O sistema anticlonagem, desenvolvido exclusivamente pela Kiper, detecta quais são os controles autorizados para entrada, mais uma garantia contra invasões pelo portão de acesso a garagem. Já o alerta “carona” avisa se alguém entrou no condomínio logo atrás ou ao lado do carro do morador, seja um outro carro, uma bicicleta ou até mesmo uma pessoa à pé.

Monitoramento 24h por dia

Não é raro o síndico receber reclamações relacionadas ao modelo de portaria tradicional. Com uma portaria remota, a entrada do condomínio nunca fica desguarnecida. O monitoramento é realizado 24 horas por dia 7 dias por semana. Além disso, os gestores têm acesso a um relatório completo com informações sobre quantos visitantes entraram no condomínio, em quais dias, em qual horário, quantas vezes o portão eletrônico abriu, quanto tempo durou o processo de entrada do visitante, etc.

Redução da taxa de condomínio

A implantação de um sistema de tecnologia costuma ser associada a um investimento alto e ao aumento de despesas. Mas o efeito é exatamente o contrário. As soluções de portaria remota podem representar uma economia tanto para o condomínio quanto para cada morador. Uma dica é usar cases de empreendimentos residenciais que aderiram à tecnologia e conseguiram uma redução significativa na taxa condominial. O sistema também contribui para o cumprimento do regulamento interno, uma vez que o gerenciamento dos acessos passa a ser realizado e registrado por meio de um sistema, aumentando ainda mais a segurança do edifício.

É muito importante que o síndico consiga comunicar de forma eficiente o processo de contratação de uma portaria remota durante a assembleia de condomínio. Ela é o órgão máximo do edifício, onde serão discutidas, avaliadas e aprovadas as normas que vão determinar o funcionamento do prédio. Todas as decisões deliberadas em ata deverão ser obrigatoriamente colocadas em prática pelo síndico, que é o responsável legal do condomínio.

Conheça mais detalhes sobre a contratação de uma solução de portaria remota com os materiais que disponibilizamos no blog da Kiper.

  • COMPARTILHAR

  • |
  • |